Impacto

Maurício Sampaio, Buzz Editora, 141 página, R$ 29,90

livro 3Você já imaginou acordar feliz com o seu trabalho todos os dias? Ou melhor, você já imaginou remover a palavra trabalho do seu dicionário e viver cada dia intensamente? Esses parecem sonhos distantes, porém Maurício Sampaio prova que são possíveis para qualquer um. Considerado o maior coach de carreira do Brasil, ele já colocou isso em prática em sua própria vida e na vida de centenas de pessoas e, agora, compartilha seus métodos neste livro.

Maurício mostra que a mudança em busca da felicidade profissional pode estar dentro de cada um, e não somente nos modelos à nossa volta. “Todos temos histórias de vida marcantes, cheias de emoção e aprendizado. Essa consciência pode ser o início de uma nova vida e, mais do que isso, essas histórias podem se tornar negócios empolgantes e rentáveis. É assim que as pessoas estão tendo sucesso nesse novo mundo”, explica.

A própria história do coach retrata essa questão de forma simples e clara.“Se eu não tivesse desistido de um negócio de 30 anos e mudado a minha vida em busca dos meus sonhos, esse livro não existiria. Com isso, eu quero dizer que todo mundo encontra barreiras quando quer sair de um ponto e chegar a outro. Em ‘Impacto’, eu mostro qual o caminho para vencer esse inimigo que, por muitas vezes, está só em nossa cabeça”.

Com longa experiência, o autor se coloca como um amigo conselheiro, que busca causar um impacto realmente transformador na vida das pessoas – o que explica o nome escolhido para a obra. Ele não oferece nenhum tipo de fórmula mágica para o sucesso pessoal e profissional, mas sugere que o leitor olhe para si e perceba como mudar a partir de quem ele é.

Ao longo da obra, Maurício explica que tomar uma decisão profissional não é nada fácil nos dias de hoje. “São milhares de oportunidades que se abrem a cada segundo, resultado do avanço tecnológico e da facilidade de comunicação. Para iniciar uma transformação radical em busca da felicidade profissional, é preciso estar disposto a encarar os desafios que vêm pela frente e saber interpretar os movimentos do novo mundo”, finaliza ele.

Apoio